Cartão de crédito, aliado ou vilão?

O uso do cartão de crédito está cada dia mais comum. A praticidade de não precisar andar com dinheiro vivo no bolso, a facilidade no manuseio e a ampla aceitação em diversos lugares impulsionam essa prática. De fato, existem muitas vantagens no uso do chamado dinheiro de plástico. Ele não é um vilão como muitos pensam.
 
O problema acontece quando o uso do cartão de crédito se torna indiscriminado, sem limites e nem controle financeiro. Essa é a pior maneira de aprender e conhecer as desvantagens desse objeto tão popular. Confira os prós e contras do uso do cartão de crédito.
 
Vantagens
É fato que o cartão de crédito não é algo completamente ruim. Ele tem muitas vantagens e facilita muito a vida corrida que levamos na atualidade. A seguir, algumas das utilidades do cartão de crédito.

 
Não precisar andar com dinheiro no bolso: por ser aceito em muitos lugares, o cartão de crédito substitui o dinheiro facilmente. Ou seja, não precisa sair de casa com várias notas, correr o risco de ser assaltado e sofrer um prejuízo financeiro;
 
É aceito em inúmeros lugares: pequenas lojas, feirinhas, clínicas médicas e muitos outros estabelecimentos aceitam o cartão de crédito como forma de pagamento. Para quem não tem dinheiro no momento, é uma ótima oportunidade de adquirir um bem ou um serviço desejado desde que caiba em seu orçamento;
 
Facilidade na hora de parcelar compras: o parcelamento sem juros de bens como móveis e eletrodomésticos, por exemplo, é um dos grandes atrativos do cartão de crédito. Afinal, não é sempre que temos em mãos o valor total de uma geladeira nova para comprá-la à vista, não é verdade?
 
Sem anuidade: atualmente há inúmeros cartões de créditos que não cobram anuidade;
 
Desvantagens
O cartão de crédito é bastante vantajoso, mas também representa um perigo se não for bem utilizado. Saiba agora quais são os contras do uso do cartão de crédito.

 
Comprometimento do orçamento com parcelas: quando compramos e dividimos o valor do produto em parcelas a perder de vista, acabamos comprometendo boa parte do salário por bastante tempo. Esse dinheiro pode fazer muita falta no orçamento do mês. E tudo se torna pior quando há acúmulo de parcelas.
 
Alta taxa de juros na fatura: o ideal é que a fatura do cartão de crédito seja paga por completo, todos os meses. Mas, infelizmente, nem sempre é o que acontece e um valor final da dívida pode aumentar de forma exorbitante. Isso acontece por causa dos altos juros do cartão de crédito e é uma das grandes causas do endividamento pessoal.
 
Facilita as compras por impulso: a praticidade de adquirir qualquer objeto sem sentir o dinheiro sair do bolso facilita a compra por impulso, aquela que fazemos sem pensar muito. O resultado é uma fatura com um valor altíssimo no final do mês e que, muitas vezes, assusta quem não esperava ter que pagar tanto.
 
Vale a pena ter um cartão de crédito?
Bom, a resposta depende da sua relação com esse objeto de compra. É preciso fazer escolhas inteligentes e ter bastante controle financeiro para não se tornar um endividado.
 
Vão algumas dicas:
• Utilize o cartão de crédito apenas quando for vantajoso para você, diante de uma necessidade ou investimento que lhe renderá algum retorno;
• Evite os juros pagando a fatura completa sempre;
• Fuja das compras por impulso. Se necessário, saia de casa sem o cartão;
• Não colecione várias parcelas na fatura;
• Mantenha apenas um cartão de crédito. É suficiente e evita acúmulo de dívidas.

 
Agora que você já conhece os prós e os contras do uso do cartão de crédito, faça sua análise pessoal e decida se este item é um aliado ou vilão. Você decide.
 
Autor: Marcelo dos Santos Zaché

Mais publicações