Boas práticas para uma melhor gestão financeira

Se você é dono de uma pequena empresa ou está pensando em abrir uma então este artigo é para você. Separamos aqui algumas dicas para promover uma gestão mais eficiente dos recursos financeiros e alcançar melhores resultados.
 
Elabore um planejamento financeiro
Toda boa gestão de finanças precisa contar com um planejamento bem estruturado. É ele que servirá como um guia sobre o que deve ser feito em relação ao dinheiro da empresa.
 
O planejamento financeiro precisa ter os pés no chão e estar em consonância com a realidade do seu negócio. É necessário ser bem realista em relação a despesas, receitas, investimentos, limites de gastos, etc.
 
Assim, é possível desenvolver estratégias mais acertadas e identificar eventuais falhas. Procure envolver toda a sua equipe na elaboração do planejamento financeiro e o faça com base em dados concretos.
 
Não misture suas finanças pessoais com as finanças da empresa
Esta segunda dica de como administrar o dinheiro de uma pequena empresa é crucial. Procure fazer a separação entre suas finanças pessoais e as finanças da empresa.
 
Essa prática é extremamente importante para garantir a saúde financeira do seu negócio. Evite recorrer ao caixa da empresa para arcar com despesas pessoais. Os lucros da empresa não poderão ser revertidos para a própria empresa, colocando em risco se crescimento.
 
Esteja sempre atento ao fluxo de caixa
O fluxo de caixa se refere a todos os valores que entram e saem da empresa. Ou seja, as contas a pagar e as contas a receber.
 
Ter controle sobre esse aspecto do negócio é fundamental para o seu pequeno empreendimento. Busque acompanhar constantemente o seu fluxo de caixa. Assim, será possível compreender a atual situação das finanças do negócio para, então, tomar decisões importantes, como investimentos e cortes de gastos.
 
Aprenda a assumir riscos calculados
Para atingir o sucesso, muitas vezes é necessário arriscar. No entanto, se o risco for calculado, as chances de dar tudo certo no final são maiores.
 
Esta dica é muito importante para quando, por exemplo, você decidir investir em algo para a sua empresa. Como há risco em todo investimento, é preciso fazê-lo calculadamente, analisando todos os possíveis cenários para se prevenir de possíveis ameaças.
 
Cuidado com o endividamento
Toda empresa, principalmente as de pequeno porte, precisa recorrer a empréstimos para financiar as atividades do negócio. No entanto, é preciso ficar atento ao endividamento para evitar que ele saia do controle. Ou seja, evite contrair dívidas que sejam maiores do que a sua capacidade de pagá-las, pois isso pode acabar levando a sua empresa à falência. Atente-se também às taxas de juros e às condições de pagamento.
 
Saiba estabelecer prioridades
Saber estabelecer prioridades é essencial para uma eficiente administração financeira. Empreendedores que têm essa habilidade conseguem honrar seus compromissos e são mais assertivos na hora de investir.
Portanto, na hora de direcionar recursos, saiba priorizar o que for mais importante para empresa naquele momento.
 
Pague suas contas sempre em dia
Cumprir com suas obrigações financeiras dentro dos prazos de vencimento é muito importante para uma gestão financeira de qualidade. Contas atrasadas acarretam juros que podem ser bastante onerosos para o caixa da empresa. Por isso, mantenha suas contas a pagar sempre em dia.
 
Uma boa estratégia de cobrança
Chegamos a última dica, mas não menos importante, de como administrar o dinheiro de uma pequena empresa.
 
Se você precisa estar com suas contas sempre em dia, o mesmo vale para os seus clientes. Nesse sentido, adote uma boa estratégia de cobrança para aqueles clientes que se encontram em situação de inadimplência com a sua empresa.
 
Essa prática é fundamental para o equilíbrio do fluxo de caixa e para a saúde financeira do seu negócio como um todo
 
Autor: Marcelo dos Santos Zaché

Mais publicações