Empreendedor/empresário/gestor, como vocês tomam decisões?

Todos os dias sem exceção, um empreendedor e/ou empresário tomam diversas decisões acerca de seu negócio.
As pessoas responsáveis pelos cargos de gestão estão a todo momento pensando em quais estratégias e caminhos seguir. Mas para ter todas as alternativas na mesa, é importante conhecer que tipos de tomada de decisão na empresa podem ser usados em seu benefício.
 
Independente do tipo escolhido, é importante saber que para tomar uma decisão é preciso elevar em conta 3 fatores:
• Identificação do problema;
• Coleta de informações;
• Listagem das alternativas.
 
Esses são os pontos básicos do processo decisório. O que vai realmente mudar quando falamos dos tipos de tomada de decisão na empresa é justamente a listagem e a escolha final das alternativas.
 
O resultado final após esses passos será um caminho baseado nas características de cada tipo de tomada de decisão. Cada um deles tem nuances diferentes que podemos adotar para fazer a escolha certa.
 
Tipos de tomada de decisão na empresa
Saber quais são esses tipos de tomada de decisão na empresa são mais usados é essencial para entender qual a melhor maneira de encarar os desafios e problemas que surgem nas organizações.
 
Intuitivo
A forma intuitiva é uma das maneiras mais simples e mais comuns de tomar uma decisão. Mas precisamos perceber que usar a intuição, que é uma sensação que surge favorável a um ou a outro ponto em determinado momento, nem sempre é o melhor caminho.
 
Isso porque a tomada de decisão intuitiva envolve confiar na decisão que parece certa, sem necessariamente pensar na lógica que está por trás desta escolha. Exemplo claro disso pode ser a decisão de usar um determinado sistema ERP porque você gosta dele depois de alguns minutos de testes. Em vez disso, deveria compará-lo a outros tipos de sistemas. Assim, poderia determinar qual deles agregará mais valor ao negócio.
 
Racional
A tomada de decisão racional é o tipo de decisão que a maioria das pessoas quer aplicar. É o ato de usar a lógica para determinar o que é melhor. Para isso, deve-se rever todas as opções possíveis. E, em seguida, avaliar cada opção usando o modo racional de pensar. Exemplo: listar todas as possíveis opções de investimento em marketing, juntamente com orçamentos, dados e prazos. Analisando essa combinação de informações é que você vai descobrir, de forma racional, qual fornecedor representaria o seu melhor investimento.
 
Baseada em valores
Cada pessoa possui uma formação, bagagem e experiência diferente. Isso acontece porque cada um de nós é formado por valores diferentes ao longo da vida, sejam eles pessoais ou profissionais.
Assim, esses valores também podem nortear nossa tomada de decisão na empresa. Diferentemente da intuição, que é algo espontâneo que surge naquele momento, a decisão baseada em valores leva em conta o que você acredita que será a melhor opção.
 
Colaborativa
A maneira colaborativa é exatamente o que parece por essa nomenclatura. Em vez de tomar uma decisão sozinho, de forma totalmente isolada, seguindo algum dos modelos anteriores, você toma a decisão com um time.
Afinal, fazer a reunião de decisão com outras pessoas para obter a opinião de cada uma delas vai ajudar a ampliar o nível de compreensão sobre cada alternativa. Depois, existe a opção de votar na decisão final ou confiar no grupo como um todo para gerar um consenso.
 
Embora o papel de decisão final fique a cargo dos gestores, essa é um exemplo importante que ajuda a perceber que os tipos de tomada de decisão na empresa não precisam ser apenas individuais.
 
Baseada nos especialistas
O que acontece quando precisamos tomar uma decisão e não conseguimos escolher nenhuma das alternativas? Mesmo sendo um ponto urgente e importante para a empresa, a intuição, racionalidade e até mesmo a colaboração de outros componentes da organização acabam não sendo suficientes para fazer uma escolha.
 
É nesses momentos difíceis que precisamos ir em busca dos especialistas. Essas são pessoas preparadas, que já vivenciaram o mesmo problema de outras formas, e que podem fazer surgir novas ideias e soluções.
 
É por conta disso que esse é um modelo bastante utilizado atualmente, e ajuda muitas empresas a alavancarem seus negócios
 
Concluindo para cada situação, um tipo de tomada de decisão na empresa. A verdade é que dependendo do contexto, um determinado processo de tomada de decisão será o mais adequado para aquele momento, por isso não se fixe em um modelo, saiba escolher aquele que mais te ajudará naquela situação específica.
 
Autor: Marcelo dos Santos Zaché

Mais publicações